terça-feira , Fevereiro 20 2018
Casa / UBM / Sindicalistas exigem punição aos responsáveis por adesivo contra Dilma

Sindicalistas exigem punição aos responsáveis por adesivo contra Dilma

Mulheres representantes de centrais sindicais e entidades trabalhistas, entre elas CTB, Contag, CUT, UBM e MMM foram recebidas pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, na última quinta-feira (9), para uma audiência sobre a propagação de adesivos com ofensa sexual à presidenta Dilma. O pedido de punição das mulheres foi encaminhado ao MPF
As dirigentes sindicais exigiram ao procurador a identificação e punição dos responsáveis pelo adesivo que circulou nas redes sociais e chegou a ser comercializado em sites de compra e venda na internet.

Os adesivos extremamente machistas e abusivos contra a presidenta Dilma fazem uma alusão ao estupro. Para a secretária de Mulheres da CTB/DF, Samara Nunes, a campanha é extremamente “ofensiva, machista, sexista, agride a todas as mulheres e os responsáveis devem ser punidos com rigor”.

A representante da CTB avaliou como importante e necessária a iniciativa das companheiras das centrais sindicais em denunciar mais uma atitude de agressão ao sexo feminino. “Queremos justiça e que o Ministério Público Federal apure e puna os responsáveis. A CTB é contra todo tipo de violência e opressão à mulher”, declarou.

Por sua vez, Janot informou que o pedido foi encaminhado ao MPF e garantiu que acompanhará pessoalmente o andamento do processo. Ele avaliou a ação contra Dilma como “opressora e desmoralizante à maior autoridade do país”.

Fonte: Portal Vermelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *